Aula do dia 02-09

A oração na igreja de hoje
E os apóstolos davam, com grande poder, testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça. Atos 4:33

Talvez já tenhamos falado aqui em algumas das aulas sobre como a oração é importante para sabermos o melhor caminho para o nosso futuro. Se falamos, eu gostaria de repetir e confirmar isso. Alguém sabe como funciona o GPS? Tem uma ideia? Os aparelhos, têm a função de enviar um sinal para os satélites. Assim, fazendo alguns cálculos, o receptor GPS consegue determinar qual a sua posição e, com a ajuda de alguns mapas de cidades, indicar quais caminhos você pode percorrer para chegar ao local desejado. Em outras palavras, Ele conhece seu caminho, sabe em que posição você se encontra, para onde você quer ir e como chegar até lá.
Você já parou para pensar que Deus é assim também?

• Ele sabe exatamente onde você está (e não estou falando de localização física), mas em que ponto da sua vida você está, se está estacionado, se está em movimento, se está perdido…
• Ele sabe para onde você quer ir (Deus sabe melhor sobre o que queremos do que nós mesmos), as vezes não sabemos o que queremos, a bíblia diz que não sabemos nem pedir.
• Ele sabe o que temos que fazer para chegar lá (para onde estamos indo? Céu, certo? Você já pensou no fato de que Deus sabe como podemos chegar lá e está sempre nos indicando mesmo quando decidimos estacionar, olhar para atrás, desviarmos de nosso caminho?), Ele quer que o sigamos.

Perseverando na oração Atos 2.42
Por que perseverar na oração? Alguém gostaria de dar algum palpite? Para a gente entender o motivo, precisamos entender o momento pelo qual os crentes daquela época passavam. Israel estava as mil maravilhas, o império romano estava em decadência, os escribas e fariseus perceberam do erro que haviam cometido e decidiram se converter realmente, inclusive levantaram uma grande quantia para a obra missionária… Nada disso! A perseguição era tremenda, o império romano ainda dominava boa parte do mundo, os escribas e fariseus odiando cada vez mais os seguidores de Jesus, ou seja, um cenário terrível. Quer mais motivos para orar? As vezes estamos esperando a situação melhorar para orarmos, esperamos a benção chegar para irmos aos cultos com mais assiduidade, esperamos os problemas cessarem para assumirmos um cargo, quando na verdade precisamos agir de forma oposta.

Hoje estamos enfrentando diversos problemas, há um conformismo com o mundo, o texto de romanos 12.2 diz que devemos transformar o mundo pela renovação do nosso entendimento, mas o que temos visto é que crentes estão sendo transformados pelo mundo. O que tem de crente que fala palavrão, que tem procedimentos duvidosos, que leem horoscopo, que jogam na loteria e tudo isso publicamente, que eu até fico me perguntando o que esses crentes fazem escondido…
Em I Tim 4.1 nos mostra o que está acontecendo, quantos abandonam a fé, líderes, crentes firmes, simplesmente abandonando a fé, largando tudo para viver no mundo. Quantos lembram de pelo menos 5 nomes de crentes assim que hoje se encontram afastados? Não é difícil lembrar, infelizmente.
Além disso, temos visto o amor ao dinheiro sendo manifestado na vida de muitos, onde Deus tem ficado em segundo plano, a extrema corrupção no mundo de hoje que tem destruído toda a sociedade. Não nos faltam motivos para orarmos, certo? Temos que perseverar na oração!

A obtenção da abundante graça Atos 4.33
Isso é resultado de uma vida de busca, de perseverança na oração. Quanto mais nos aproximamos de Deus, quanto mais perseverantes, mais abençoados. Irmãos, o envolvimento desses homens com Deus era tão grande que mais a frente no livro de atos, é relatado que colocavam os doentes no caminho para que quando os apóstolos passassem, a sombra deles cobrissem esses doentes e eles seriam curados. Essa é a diferença que devemos deixar no mundo, não estou falando de sombra, mas estarmos de tal forma envolvidos com Deus que por onde passarmos, as pessoas vejam que há algo diferente, que há algo muito especial. Devemos impactar! A abundante graça de Deus precisa ser manifestada através de nossos atos, mas é preciso perseverar em oração.

Um gesto e uma atitude Atos 6.6
Os gestos precisam ser acompanhados de atitudes. Quantas vezes nos últimos dois meses o pastor nos convocou durante o culto para ficarmos de joelho ao orarmos aqui na igreja? Mas será que as pessoas que estão ajoelhadas neste momento, estão realmente ajoelhadas? Será que as que não estão ajoelhadas, realmente não estão ajoelhadas? A atitude é tudo.
Lembro-me de uma história onde uma mãe ao perceber que seu filho de 6 anos insistia em ficar de pé no ônibus mesmo ela insistindo para que ele se sentasse, decidiu ameaçar o filho de umas palmadas, caso ele não se sentasse. No mesmo instante ele se sentou, mas falou para sua mãe, “posso estar sentado, mas por dentro estou de pé”. Talvez alguns pela idade avançada, não podem se ajoelhar, mas por dentro, estão ajoelhados em fervente oração, enquanto outros, estão ajoelhados fisicamente e por dentro estão deitados, dormindo. Como tem sido sua atitude? Seus gestos correspondem às suas atitudes?

A disciplina para orar Atos 10.9
A revista nos fala sobre estímulos que surgem e nos fazem orar, quando nos inspiramos por algo que acontece, mas eu vejo que a oração embora seja bem produtiva quando nos sentimos inspirados a orar, deve ser encarada como um exercício, de forma disciplinada. Devemos sim orar quando nos sentimos inspirados a orar, mas além dessas ocasiões, devemos separar um tempo do nosso dia para exercitarmos essa conversa com Deus. O texto nos mostra que Pedro agia dessa forma, ele tinha hora separada para orar, para oferecer a Deus seu tempo também. Por mais que o corre-corre nos tente impedir, por mais que o cansaço nos desanime, precisamos separa um momento fixo, diário com Deus.
Sabe quando você acorda cedo para trabalhar ou estudar e dá aquela vontade de ficar dormindo e não sair da cama, o que fazemos? Podemos até ficar mais 5 minutinhos, mas levantamos. Por quê? Porque temos um compromisso, daí dizemos NÃO para nós mesmos, o nosso compromisso é mais importante. Espiritualmente é da mesma forma, as vezes queremos o mundo, queremos o que é errado, queremos deixar as coisas de Deus, mas o que vai definir a nossa escolha é o COMPROMISSO. Você pode até desanimar em algum momento da sua disciplina com Deus, mas entenda que mais importante é honrar o compromisso, mesmo que você tenha que dizer não para si próprio.

Uma oração proativa Atos 13.3
Toda oração deve ser acompanhada de ação, não adianta eu orar pela conversão da minha esposa, ou filho, ou pai, ou mãe, se não falo de Jesus para ele ou ela, se dou mau testemunho constantemente. Não adiante eu orar por um emprego com um salário alto se não estudo, nem faço cursos de qualificação. Não adianta orar para passar em provas ou concursos se não separo tempo para estudar.
Pode acontecer situações em que não podemos agir, temos apenas que orar e a ação acontecerá depois, mas na maioria das vezes, nossas orações devem ser acompanhadas de ações.

Recebendo o Espírito Santo de Deus Atos 15.8
Não só este texto, mas o capitulo todo de atos fala sobre os primeiros momentos da igreja, a grande conversão de quase cinco mil almas, a comunhão tremenda entre os novos crentes a ponto de não haver coisas individuais, mas tudo era de todos. Possivelmente, eles estavam vivendo o momento mais especial de fé e comunhão de toda a história da humanidade, não havia maior prazer do que estarem juntos, do que viver aquelas experiências, mas como aconteceu isso? Pela ação do Espírito Santo em suas vidas. E mesmo que você ache que hoje em dia seja impossível algo acontecer como aconteceu no passado, na igreja primitiva, entenda que pode acontecer coisas ainda maiores, tudo vai depender da sua, da nossa dedicação a Deus, da nossa sujeição ao Espírito Santo, do nosso envolvimento com o Pai, da nossa busca pela santidade, do nosso compromisso.

Como deve ser a oração na igreja de hoje? Você acha que a oração na sua igreja precisa melhorar? Então comece melhorando a partir de você. Nunca veremos uma mudança, se não nos colocarmos como primeiros dispostos a mudar, você quer que a sua igreja seja uma igreja de oração? Seja um crente de oração.

Uma vez um ônibus cheio de crentes atolou no meio da lama, uma parte dos crentes desceram para empurrar o ônibus, uma parte ficou desceu do ônibus para não fazer peso e ficaram assistindo os outros empurrar e uma outra parte ficou dentro do ônibus esperando os outros empurrarem. O que você está fazendo? Em que situação dessa história você está? Dentro do ônibus, do lado de fora olhando ou empurrando?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s